imagem vetorizada

O que é uma imagem em vetor? 

Os gráficos vetoriais são criados em aplicativos como o Adobe Illustrator ou Corel Draw.
Eles não têm um DPI nativo como uma imagem bitmap e pode ser redimensionado em qualquer tamanho sem perder a qualidade.
Formatos de arquivos comuns para os gráficos vetoriais são EPS, CDR e AI.

Existem duas técnicas bastante diferentes para a criação, armazenamento e processamento de imagens de computador: gráficos de bitmap e gráficos vetoriais.

Neste artigo, vamos explicar as diferenças entre os arquivos e a forma como seus conteúdos são analisados, já que este é um dos princípios mais importantes quando se trabalha com gráficos em computador.

Gráficos de bitmap (raster)

Os gráficos de bitmap são os tipos mais comuns e são compostos de pixels coloridos. Pixels são definidos como pequenos quadrados, de diferentes cores que, uma vez juntos, formam uma imagem.

Ilustrações bitmap podem ser, por exemplo, fotos de natureza. Essas imagens possuem transição de tons de forma sutil e muitas vezes são compostas por milhões de cores. A dificuldade em trabalhar com os gráficos bitmap é que, ao ampliá-los, ocorre a perda de definição e uma diminuição considerável na qualidade. Formatos de arquivos comuns de dados de imagem de bitmap incluem PSP, BMP, GIF, JPEG e PNG para o uso da Internet e TIFF para o uso de impressão.

Com a ampliação da imagem os pixels ficam evidentes

Os pixels também são utilizados para exibir imagens em monitores e suas dimensões de impressão são definidas pelo DPI (dots per inch).

Imagens preparadas para impressão comercial de alta qualidade são geralmente preparadas em 300 DPI para formatos até o A3. Já para imagens muito grandes (por exemplo, o formato A1) pode ser com aproximadamente 150 DPI. Não há necessidade de fechar arquivos com resolução superior a 300 DPI, já que uma resolução maior não ira proporcionar melhorias na qualidade de saída do impresso.

Gráficos em Vetor

Os gráficos vetoriais não são construídos por pixels (embora sejam exibidos na tela do computador como pixels). Eles são, na verdade, formados através de expressões matemáticas e as instruções inseridas produzem linhas, curvas e formas preenchidas. Logotipos de empresas são, muitas vezes, gráficos vetoriais e normalmente trabalhados com quantidade de cores limitadas, embora possam apresentar gradientes e sombreamento para produzir os mais sofisticados elementos.

Os gráficos vetoriais são, geralmente, muito menores em tamanho do que os gráficos de bitmap. Porém, se imagens bitmap são encaixadas dentro do vetor, o tamanho do arquivo geralmente será maior. Já se os gráficos de bitmap são incorporados em arquivos vetoriais (por exemplo, um EPS), o elemento bitmap do gráfico vai sofrer em termos de qualidade, se redimensionado.

Os gráficos vetoriais são criados em aplicativos como o Adobe Illustrator ou Corel Draw. Eles não têm um DPI nativo como uma imagem bitmap e pode ser redimensionado em qualquer tamanho sem perder a qualidade. Formatos de arquivos comuns para os gráficos vetoriais são EPS, CDR e AI.

Imagens em vetor podem ser ampliadas sem distorções
 

BITMAP E VETOR

  • Imagens e elementos ilustrativos são indispensáveis para uma boa peça gráfica e podem ser de dois tipos: vetor ou bitmap. O bitmap é um conjunto de pixels (pontos) que carregam uma informação de cor, e é formado pela união desses pixels. A resolução, em DPI, mede a qualidade e nitidez de um bitmap. DPI (“dots per inch”) significa “pixels por polegada”. Quanto maior o DPI da imagem original, maior a definição e qualidade dessa imagem. Veja o exemplo abaixo:Resolução em DPI mede a qualidade e nitidez de um bitmap
  • No bitmap, os pixels na borda das imagens sofrem pequenas alterações de cor para suavizar o contorno.
  • Acima, vemos um degradê com 10 pixels por polegada, e um outro com 300 pixels por polegada. A imagem que cada configuração irá gerar se econtra à direita. Uma má resolução (10 DPI) prejudica a nitidez da imagem.
  • Vetor

    Os vetores são formas que tem suas informações de cor, dimensões, linhas e curvas armazenadas em equações. Essas equações são traduzidas para desenhos e podem ter sua forma, cor ou tamanho alterados sem agredir sua resolução, pois não são formados por pixels.

    Vetor constituido de pontos que indicam onde se inicia e encerra uma linhaAcima vemos que o vetor é constituido de pontos (nós) que indicam onde se inicia e encerra uma linha. Suas curvas são configuradas por alças, que ao serem esticadas resultam em curvas diferentes. Já o bitmap é composto por pixels.

Lembre-se:
a resolução de uma imagem reflete na qualidade visual do seu material impresso. Uma resolução inferior a 150 DPI pode deixar imperfeições evidentes.
Sempre que possível, use vetores para textos e linhas.

 

Não temos a imagem desejada em vetor, a Identifique faz esse serviço?

 A Identifique vetoriza a sua logo.
Dependendo da logo e complexidade, nós não cobramos pelo serviço.
Não cobramos pelo serviço, quando é possível fazer a vetorização pelo modo automático, ou quando já temos a logo em vetor.
Cobramos pelo serviço, quando é uma logo complexa de ser vetorizada, o valor de vetorização varia de R$300,00 a R$600,00 e vai depender de quantas horas são necessárias para realizar este trabalho. 
Caso o cliente queira fazer uma compra na Identifique, mas não tenha a logo em vetor, o valor a ser pago pela vetorização, poderá entrar como “calção”. Ou seja, valor a ser compensado no momento que efetuar o pedido. 

A Identifique não envia a logo vetorizada ao cliente, a não ser que este tenha sido um valor pago a parte e não seja usado como “calção”